O VALE DO SER EM VERSOS E MÚSICA

POEMAS

 

APONTAMENTOS SOBRE 

O VALE DO SER

 

Sérgio Veleda

 

 

Sobre a extensa cabeleira do vento

 

paira uma folha de primavera

 

O caminho que conduz até o pomar

 

foi adornado com dolmens de pedra

 

Daqui do alto o entardecer leva

 

o vale para o fundo

 

como se fosse para dentro de mim

 

O pica-pau perfura o tronco da árvore

 

Outros pássaros voam em bando

 

Há uma necessidade encoberta em minha alma

 

que deseja ver o mundo como

 

no primeiro dia da criação

 

Uma garoa se precipita

 

Evapora o perfume do húmus

 

Fértil são os campos do Ser

 

____________________

 

 

Sérgio Veleda

 

 

As pedras marcam o caminho

 

Lá do alto um pássaro faz sentinela

 

vigiando o vale

 

O entardecer por aqui é sempre

 

mais profundo que mil abismos

 

que mil grutas na carne da terra

 

____________________

 

 

A NOITE NO VALE

 

Evania Reichert

 

À noite, aqui há luz

Ela se derrama sobre as pitangas

e as gabirobas se escondem

À noite, aqui há silêncio

Ele invade os ouvidos e 

denuncia os ruídos das tocas

À noite, aqui há desejo

Ele se acende vigoroso

fundindo corpos e almas

À noite, aqui há festa e perfume

 há amigos, filhos e amores

À noite, aqui há orgia

 Ouve-se os gritos das águas

 nos braços das corredeiras 

À noite, aqui há prenúncios

 dias e dias sem medo, sem forma

Dias sem passado e sem futuro 

À noite, aqui, há mil noites.

Saudades, sonhos, manhãs.

MÚSICA

 

TRILHA SONORA

 

Letra e música de Nando d'Ávila, composta na varanda do Vale do Ser.

 

Palavras

Imaginar-se em asas

Borboletear-se em beira de rio

Rio de palavras sãs

Lábios

Cais da sonora trilha

Ilha de som, desejo e paixão

Sorrir e silenciar

Signo, verde natura linda

Verde de siga

Mas diga no tom

Leve do beijo flor

Tico-tico já piou

No terreiro já piou

já é dia, "vão" Maria

Sabiá já entoou

A cantiga que aprendeu com Luzia

"Vão"Maria

O araçá já aflorou

O riacho passou

Já é dia

"Vão" Maria

O destino que se cumpriu

De sentir seu calor e ser tudo

Todo dia

Palavras

Naves do pensamento

Deixa-me me ver teus tripulantes

Que anjos calas no breu

 

 

Abaixo, a música Trilha Sonora

gravada no cd Nando d'Avila, ao vivo, entre amigos.