NÚCLEO TEATRO - EDUCAÇÃO

 

TEATRO TERAPÊUTICO

 

 

O Caminho do Clown
com  Alain Vigneau (França)

 

 

O Clown (palhaço) tradicionalmente usa um nariz vermelho. Esta pequena máscara constitui um poderoso atalho no caminho do autoconhecimento e também possui um grande valor terapêutico. Este pequeno objeto oferece a oportunidade de se explorar nosso mundo interno com um olhar direto e isento de culpa, por meio do jogo e da espontaneidade, da comunicação e da aceitação do que ocorre no presente.

 

O personagem do Clown atrai a todos: é fascinante simbolizar o desejo de liberdade e fantasia que todos carregamos. Fazer o que se quer, ser o que se quer, mesmo que por alguns instantes. A partir daí tudo fica permitido. Porém, para um Clown, as mentiras entre sentir e atuar não funcionam. A falta de sinceridade converte o cenário do Clown na sua sepultura. Não ver o outro, não sentir o público, não brincar com as leis do aqui-agora, convertem o espaço em uma jaula onde o Clown pode se encontrar sozinho. A aceitação da sensação de estar fazendo o maior ridículo de sua vida pode fazer-lhe soltar a fantasia e tornar-se uma experiência libertadora.

 

O Clowns aborda temas chaves: o amor, o medo, a violência, a solidariedade, o sofrimento, a luta pelo poder, a sexualidade, a morte. Não há terreno proibido. Mesmo inocente, o Clown tem suas estratégias de sobrevivência, planos para conseguir seus objetivos - ser visto e manter a atenção do público - ele pode ser malvado, enganador, sedutor e mentiroso, para, finalmente, desvendar seu verdadeiro drama: a vontade de ter um lugar neste mundo

ALAIN VIGNEAU (França, 1959): criador da Companhia La Stravagante (França/Espanha), atua há mais de 20 anos em teatro profissional, participando com seus espetáculos em festivais de teatro da Espanha, Venezuela, México e Gabão. Com a ONG "Palhaços Sem Fronteiras" realizou numerosas atuações em países como Guatemala, Namíbia, Nicarágua, El Salvador e Indonésia.

 

Professor de Clown Terapia no Master de Arte Terapia da Associação para a Expressão e a Comunicação - AEC (Barcelona/Espanha) e co-fundador do centro Consciência e Artes Cênicas (Puebla de los Ángeles/México), é também colaborador em vários outros centros de desenvolvimento pessoal e/ou artístico, na Europa e no Brasil. Iniciado por Rosine Rochette (Paris/França) na união entre Clown e Gestalt, e formado em Psicoterapia Integrativa pelo Programa SAT do Dr. Claudio Naranjo, é discípulo e colaborador deste último nos programas SAT da Espanha, México, Alemanha, França e Brasil. Atualmente Alain Vigneau dedica-se de forma exclusiva à investigação do mundo do Clown nos contextos terapêuticos e artísticos, sendo reconhecido internacionalmente como um dos maiores expoentes neste âmbito.

 

Contato: info.cursos@valedoser.com.br